Ciudad de Angeles Port

Cidade de Anjos – Anexo em idioma português

Este anexo não só pretende introduzir ao leitor nos valores históricos e artísticos do Cemitério da Recoleta, devido a importância de quem estão ali enterrados, senão que tenta dar uma pequena olhada a conflituosa história argentina.

A modo de introdução, tentarei resumir diferentes momentos da nossa história, especialmente aqueles que estão relacionados coma formosa Igreja do Pilar e o Cemitério,o qual foi edificado no velho horto que os frades recoletos cultivavam.

Expropriado pelo governador Martin Rodriguez e o seu ministro, o futuro primeiro presidente da Nação, Bernardino Rivadavia, tornou-se necrópole em 1822 e por anos foi o único cemitério da cidade e o lugar escolhido pelos cidadãos acomodados de Buenos Aires para descansar pelo resto da eternidade.

Assim, o pessoal endinheirado de uma nação rica levantou o seu pretendido nível copiando castelos, edificações e cemitérios que viam nas suas viagens ao exterior, especialmente Europa, onde permaneciam por meses e às vezes anos.

Desta forma, estes príncipes das pampas copiaram aos burgueses italianos e franceses, não só na sua vestimenta e espírito, mas também nas esculturas que admiravam nos cemitérios de Pére Lachaise em Paris e Staglieno em Genova.

A segunda parte do anexo contém uma lista com as abobadas mais destacadas do cemitério. Ao lado de cada nome, indica-a página do livro que contém uma breve descrição ilustrada com uma fotografia e um pequeno mapa com a sua localização dentro do cemitério.

A seguir, encontrarão três roteiros como opções para percorrer o cemitério. Por último, nas páginas finais do livro há um plano geral com os mausoléus e as abobadas mais importantes.

Espero que este livro ajude a que a visita seja memorável.  Desejo-lhes muita sorte durante a sua estada na nossa cidade e, especialmente, no roteiro por este cemitério, orgulho da nossa nação.

Ciudad de Angeles Port

Cemitério da RecoletaCidade de Anjos

admin • marzo 10, 2015


Previous Post